quarta-feira, dezembro 09, 2009

Andry Rajoelina impede opositores de regressarem a Madagáscar


Os tres líderes malgaxes que na terça-feira terminaram em Maputo as conversações sobre a divisão do poder no Governo de Transição de Madagáscar foram hoje impedidos de regressar ao país pelo presidente Andry Rajoelina.
Andry Rajoelina, que ascendeu ao poder em Março passado na sequência de um golpe de Estado, não esteve presente nas conversações de Maputo, mediadas pelo antigo presidente de Moçambique, Joaquim Chissano.
Segundo a Rádio de Moçambique, Andry Rajoelina proibiu a saída de um avião de Madagáscar para ir buscar o grupo a Maputo. Rajoelina negou também a saída de um avião para levar os seus rivais políticos de Maputo para Madagáscar.
"Não voltamos porque o presidente de Madagáscar proibiu a saída de um avião de lá para Maputo e também impede a saída de um avião de Maputo para Madagáscar. Pedimos a intervenção do Governo de Moçambique para ultrapassar a situação", disse Albert Zafy, um dos três líderes políticos que estiveram envolvidos nas negociações de Maputo.
Desde sexta-feira da semana passada que Albert Zafy e os dois adversários políticos, Marc Ravalomanana e Didier Ratsiraka, estão em Maputo para discutir a distribuição de pastas dos acordos das reuniões anteriores de Maputo e Adis Abeba.

Fonte: Radio Mocambique (09/12/2009)

5 comentários:

Ximbitane disse...

O DJ pôs todo o mundo a sambar?

Chacate Joaquim disse...

Ximbi. é que os quotas andam com muitos problemas hehehe... talves com um pouco de samba poderão melhor o reumantismo, sacudirem o preconceito de que só eles é que são naturalmente chefes.

Reflectindo disse...

O que me surpreende, é o facto destes, incluindo Joaquim Chissano, não entender que o jovem tomou o poder com apoio do povo malgaxe. Os militares renderam-se ao povo.
A segunda questão é como Joaquim Chissano aceita o jogo do trio. Imaginemos se os mediadores do AGP em Roma fizessem algo semelhante?
A terceira questão é sobre os GUNs que nem gosto...

Ximbitane disse...

Hehehehe, e toca ai a musica Dj! Um, dois, três, abanando o esqueleto que o povo ajuda na dança!!!

Linette Olofsson disse...

Concordo plenamente com o Jovem Lider de Madagascar Andry Rajoelina!
Os problemas internos, resolvem-se internamente.
Chissano que fosse lá mediar, uma vez que já existe uma aproximaçao.
Já se deu alguns passos significativos neste conflicto.
Concordo contigo Reflectindo!
É Preciso reconhecer que o jovem tomou o poder com apoio do povo malgaxe, apesar do apoio militar.

Precisamos em Africa e no Mundo Jovens corajosos como Rajoelina.
Estamos cansados de Mugabismos e de seus aliados, velhos e cansados.

Queremos e devemos lutar para uma Afrika moderna, livre dos novos "colonos" internos e externos, que saibam dividir os recursos em todos aspectos e que deixem de cantar....
vamos combater a pobreza absoluta!